RssFacebook StoreTwitter Store

INE: resultados negativos da hotelaria nacional em abril influenciados pela Páscoa

INE: resultados negativos da hotelaria nacional em abril influenciados pela PáscoaAs dormidas na hotelaria nacional em abril sofreram um decréscimo para 3,1 milhões (-4,0 por cento do que em abril de 2012), enquanto a procura pelos residentes decresceu 11,6 por cento e as dormidas dos não residentes diminuiu 1,0 por cento invertendo a tendência crescente observada nos últimos meses, indicam dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), salientando que os resultados foram influenciados pelo efeito de calendário associado à Páscoa, em 2013 ocorrido em março e em 2012 em abril.


Os proveitos totais (141,8 milhões de euros) apresentaram também uma descida de 1,4 por cento e os proveitos de aposento (96,7 milhões) desceram 1,0 por cento.

Já os valores acumulados relativos ao período de janeiro a abril evidenciam uma variação homóloga positiva: +2,4 por cento nas dormidas, +1,9 por cento nos proveitos totais e +2,8 por cento nos de aposento.

Os oito principais mercados emissores – Reino Unido, Alemanha, Holanda, França, Espanha, Brasil, Irlanda e Itália – concentraram 71,1 por cento das dormidas de não residentes e revelaram evoluções distintas.

A título de exemplo, o mercado britânico, o mais importante (23,3 por cento das dormidas de não residentes em abril), apresentou um expressivo crescimento homólogo (+13,3 por cento), em linha com o ocorrido no mês anterior (+15,6 por cento). Revelando uma maior sensibilidade ao "efeito Páscoa", o mercado espanhol, com 6,8 por cento das dormidas, registou em abril uma quebra assinalável de 52,4 por cento, em termos homólogos, face a um acréscimo de 69,0 por cento em março.

A taxa de ocupação foi de 36,5 por cento em abril, ou seja inferior à verificada no mês homólogo do ano passado (38,9 por cento), cabendo à Madeira a liderança (59,3 por cento), seguida por Lisboa (50,5 por cento).

O RevPAR foi de 25,2 euros em abril, inferior em 3,1 por cento em relação ao mesmo mês de 2012. No entanto, tal como nos proveitos, o rendimento médio por quarto disponível dos quatro primeiros meses do ano registou um ligeiro acréscimo homólogo (+2,0 por cento), tendo-se situado em 19,4 euros. Em termos regionais, apenas na Madeira houve um aumento no RevPAR, ainda que ténue.

Fonte: INE

Lisboa Vista de Fora

o-fado-e-a-razao-mais-melancolica-para-visitar-lisboaQuem o diz é o The Telegraph que publicou um artigo dedicado ao género musical português. De acordo com o jornal, o fado está na moda e, em Lisboa, há quatro maneiras de saber mais sobre esta arte: o palco Fado no NOS Alive, o Museu do Fado, o Clube de Fado e o Open Mic Fado.
traveler-espanha-destaca-piscina-do-nh-collection-liberdadeUm prazer focar o olhar e deter-se nos telhados e nas ruelas. É assim que é descrita a vista da piscina do NH Collection Liberdade, em destaque na edição online da Traveler Espanha.
lisboa-entre-os-destinos-preferidos-para-acolher-congressos-internacionaisLisboa subiu três lugares no ranking mundial das cidades e alcançou o top 10 das mais solicitadas para acolher congressos associativos internacionais em 2015, indicam dados agora divulgados pela ICCA – International Congress & Convention Association.