RssFacebook StoreTwitter Store

Boa ideia, bom negócio

Boa ideia, bom negócioA inovação e o empreendedorismo são hoje fatores decisivos no desenvolvimento das sociedades e na criação de emprego. O Turismo é um caso exemplar. O aproveitamento e a preservação dos recursos naturais e a concretização de novas ideias a partir da genuinidade e da memória histórica do país, em articulação com os instrumentos postos à disposição pelas entidades públicas, podem fazer toda a diferença.


Por vezes as oportunidades estão diante dos nossos olhos, ao alcance de um clique no rato do computador ou nos recursos naturais da aldeia próxima da nossa casa. Mais do que limitarmo-nos a olhar, é preciso começarmos a ver. A explorar novas oportunidades de negócio. Tentar fazer diferente e, ao mesmo tempo, acrescentar valor à oferta já existente. Em suma, é preciso uma cultura de ideias e também uma cultura de risco.

Como Autoridade Turística Nacional, o Turismo de Portugal é uma porta aberta à inovação e ao empreendedorismo. Mesmo em períodos adversos, como o atual, procuramos estimular e apoiar ideias e projetos inovadores já existentes ou a desenvolver. Recorrendo às melhores práticas, a nossa rede de 12 Escolas de Hotelaria e Turismo procura dar não só uma ferramenta para a inserção dos jovens na vida ativa, como incutir-lhes um espirito inovador nas diversas vertentes da oferta turística.

Por sabermos a importância da concretização de uma boa ideia, estamos a desafiar os jovens a montar os seus planos de negócios do Turismo, avaliando o potencial de crescimento desta área. Organizamos no próximo dia 4, na Escola de Hotelaria de Lisboa, a primeira de uma série de Jornadas dedicadas ao Empreendedorismo Turístico, que vão proporcionar o contacto dos potenciais empreendedores com especialistas e entidades financeiras vocacionadas para este setor. As inscrições estão abertas e o programa pode ser consultado em www.escolas.turismodeportugal.pt.

Com recursos patrimoniais únicos (monumentais e não só, basta lembrar a riqueza da nossa gastronomia, a autenticidade dos nossos costumes), servido por ligações viárias de qualidade superior que tornam rápido circular de ponto a ponto, com infraestruturas de alojamento de grande qualidade, diria que há um imenso território por explorar – um território de oportunidades.

E é justamente aqui que creio que se pode enquadrar também todo o potencial humano desenvolvido nos últimos anos e ainda em formação neste e para este setor e que, acredito, pode dar um impulso às economias locais e regionais através da criação de negócios inovadores e diferenciados.

Experiências verdadeiramente empreendedoras que proporcionem autoemprego e oportunidades de novos empregos especializados e que, através do trabalho em rede com negócios complementares (e são tão vastas as áreas que o turismo toca...), melhorem a capacidade de Portugal se promover e vender enquanto destino turístico de referência.

Assim se faz mais e melhor. Assim se investe no Turismo em Portugal.

 

Maria de Lurdes Vale, administradora do Turismo de Portugal

 

Lisboa Vista de Fora

o-fado-e-a-razao-mais-melancolica-para-visitar-lisboaQuem o diz é o The Telegraph que publicou um artigo dedicado ao género musical português. De acordo com o jornal, o fado está na moda e, em Lisboa, há quatro maneiras de saber mais sobre esta arte: o palco Fado no NOS Alive, o Museu do Fado, o Clube de Fado e o Open Mic Fado.
traveler-espanha-destaca-piscina-do-nh-collection-liberdadeUm prazer focar o olhar e deter-se nos telhados e nas ruelas. É assim que é descrita a vista da piscina do NH Collection Liberdade, em destaque na edição online da Traveler Espanha.
lisboa-entre-os-destinos-preferidos-para-acolher-congressos-internacionaisLisboa subiu três lugares no ranking mundial das cidades e alcançou o top 10 das mais solicitadas para acolher congressos associativos internacionais em 2015, indicam dados agora divulgados pela ICCA – International Congress & Convention Association.