Eurocidade Ayamonte-Vila Real de Santo António quer ser mais-valia regional

  • Imprimir

Eurocidade Ayamonte-Vila Real de Santo António quer ser mais-valia regionalA Eurocidade Ayamonte – Vila Real de Santo António pode representar perto de 11 por cento da capacidade de alojamento do Algarve (cifrada em 100.000 camas) e cerca de um quarto da capacidade de alojamento da região de Huelva (cerca de 50.000 camas) e por isso as duas cidades, juntas, têm maior capacidade para se afirmarem no contexto do Algarve e da Andaluzia.


Esta foi a conclusão a que chegaram os autarcas das cidades de Ayamonte e de Vila Real, hoteleiros, profissionais do setor e de associações comerciais de Portugal e de Espanha no âmbito de uma reunião realizada para avaliar o potencial turístico da recém-criada Eurocidade.

Para além da oferta ao nível do alojamento as duas localidades têm ainda para oferecer seis campos de golfe de 18 buracos, assim como três portos desportivos que, na totalidade, disponibilizam mais de 900 lugares de amarração.

"Estamos confiantes de que a cooperação turística é uma área com potencial no contexto da Eurocidade, até porque não estamos a impor nenhum modelo à partida, mas a construir caminho ao lado dos profissionais do setor", afirmou o presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António (VRSA), Luís Gomes.

Para o presidente do Ayuntamiento (Município) de Ayamonte, Antonio Rodríguez Castillo, a reunião mostrou que "existe vontade política para iniciar um trabalho comum nos dois lados da fronteira", tendo destacado também o papel das associações empresariais de Portugal e de Espanha.

Fonte: IpsisEmirec