RssFacebook StoreTwitter Store

Aeroporto de Lisboa: companhias low-cost já representam 22,2% das preferências

Aeroporto de Lisboa: companhias low-cost já representam 22,2% das preferênciasAs companhias aéreas low cost já representam 22,2 por cento das preferências dos passageiros que passam pelo Aeroporto de Lisboa, revelam os dados do inquérito aos passageiros e consumidores feitos pela ANA – Aeroportos de Portugal durante os meses de março a outubro. No Aeroporto do Porto a low cost já representa 56 do tráfego face à tradicional.

 

De acordo com os mesmos dados, hoje divulgados pela empresa, a companhia aérea tradicional continua a ser a preferida dos passageiros, com 74,2 por cento das preferências.

O passageiro de Lisboa tem idade compreendida entre os 25-45 anos maioritariamente do sexo feminino, com formação académica superior e empregado que viaja pelo menos uma vez por ano.

O passageiro Inbound (35 por cento), reside maioritariamente em França, visita o nosso país em turismo/ lazer e fá-lo na companhia da família. Usufrui dos estabelecimentos de restauração e lojas de moda do aeroporto, mas é nestes últimos onde o valor despendido é maior, cerca de 70 euros por pessoa.

O passageiro Outbound (17,9 por cento) reside maioritariamente na cidade de Lisboa, viaja por motivos de turismo e lazer e fá-lo na companhia da família. Nos hábitos de consumo é mais comedido despendendo apenas 39 euros nas lojas de moda do aeroporto.

No Aeroporto do Porto o passageiro tem idade compreendida entre os 25-45 anos maioritariamente do sexo masculino, com formação académica superior e empregado que viaja pelo menos uma vez por ano.

O passageiro Inbound (51,5 por cento) reside maioritariamente em França e Suíça, visita o nosso país para visitar familiares e amigos e fá-lo sozinho. Usufrui dos estabelecimentos de restauração do aeroporto, mas é nas lojas de moda que o consumo é superior, cerca de 59 euros.

O passageiro Outbound (38,2%) reside maioritariamente na cidade do Porto e Vila Nova de Gaia, viaja por motivos de Turismo e Lazer e fá-lo em família. Nas compras utiliza maioritariamente os estabelecimentos de restauração mas é nas lojas de moda em que o consumo é mais elevado, cerca de 33 euros.

A companhia aérea low cost no Porto já representa 56 por cento do tráfego face à tradicional. Em Faro, esse valor é de 68,9 por cento. Neste aeroporto a maioria do passageiros é, na sua globalidade, Inbound (92,2 por cento). Reside no Reino Unido e Irlanda e visita o Algarve por motivos de Turismo e Lazer na companhia da família.

A companhia aérea tradicional é a mais representativa no Aeroporto de Ponta Delgada (93 por cento), não havendo companhia a voar em low cost.

Estes estudos, que têm vindo a ser produzidos desde o ano 2000 nos aeroportos de Lisboa, Francisco Sá Carneiro/Porto, Faro e João Paulo II/Ponta Delgada, têm como objetivo recolher a informação necessária para garantir a prestação de um serviço de excelência e que esteja alinhado com as indicações reveladas pelos passageiros e consumidores. Os inquéritos são realizados à partida nas salas de embarque dos aeroportos mencionados.

Fonte: ANA

Lisboa Vista de Fora

o-fado-e-a-razao-mais-melancolica-para-visitar-lisboaQuem o diz é o The Telegraph que publicou um artigo dedicado ao género musical português. De acordo com o jornal, o fado está na moda e, em Lisboa, há quatro maneiras de saber mais sobre esta arte: o palco Fado no NOS Alive, o Museu do Fado, o Clube de Fado e o Open Mic Fado.
traveler-espanha-destaca-piscina-do-nh-collection-liberdadeUm prazer focar o olhar e deter-se nos telhados e nas ruelas. É assim que é descrita a vista da piscina do NH Collection Liberdade, em destaque na edição online da Traveler Espanha.
lisboa-entre-os-destinos-preferidos-para-acolher-congressos-internacionaisLisboa subiu três lugares no ranking mundial das cidades e alcançou o top 10 das mais solicitadas para acolher congressos associativos internacionais em 2015, indicam dados agora divulgados pela ICCA – International Congress & Convention Association.