RssFacebook StoreTwitter Store

Hoteleiros estão otimistas com o verão

Hoteleiros estão otimistas com o verãoPara 58% dos hoteleiros inquiridos no âmbito do estudo Perspetivas verão 2016, a taxa de ocupação será melhor do que no homólogo do ano passado.


Com base neste inquérito, levado a cabo pela Associação da Hotelaria de Portugal, 55 por cento dos inquiridos pensa que a taxa de ocupação por quarto ficará acima dos 80% e 37% respondeu que este indicador deverá situar-se entre os 61 e os 80%.


No que respeita ao RevPar (preço médio por quarto disponível) e ao Preço Médio, as perspetivas são ainda mais animadoras. Do total, 75% e 74% dos hoteleiros estima que o RevPar e o Preço Médio do quarto vendido, respetivamente, sejam superiores aos do verão de 2015.


Analisando por regiões, há a referir que a Madeira, o Algarve, Lisboa e os Açores estimam uma taxa de ocupação acima dos 80%. Grande destaque para os hoteleiros dos Açores, onde 100% prevê melhor taxa de ocupação, face a 2015.


Em termos de RevPar, as regiões mais otimistas são a Madeira, os Açores e o Algarve. No que respeita ao Preço Médio, todas as regiões perspetivam um melhor Preço Médio este ano.


Relativamente aos mercados, na maioria dos destinos, os portugueses lideram as reservas na hotelaria, destronando o Reino Unido no Algarve e a França no Norte, que em 2015 foram os primeiros mercados emissores. Em termos nacionais, os principais mercados estrangeiros serão a França, a Espanha e o Reino Unido.


O indicador menos positivo é referente à estada média. A maioria dos hoteleiros (73%) estima uma estada média igual à de 2015. Do total de inquiridos, 45% espera que a estada média seja entre um e três dias.


“As perspetivas dos hoteleiros para este verão são francamente positivas em praticamente todos os indicadores, com exceção da estada média que se manterá igual, infelizmente, em termos nacionais, abaixo dos dois dias. A manter a tendência do primeiro quadrimestre do ano (que registou aumentos expressivos em todos os indicadores, por comparação com o período homólogo de 2015), prevemos fechar os três meses de verão (junho a setembro), em comparação com o verão de 2015, com taxas de ocupação de 86% a 87% (+2 a 3 p.p.), o Preço Médio de +11 a 15% e o RevPAR com um crescimento de 14% a 17%”, comenta a presidente executiva da AHP, Cristina Siza Vieira.


welcome@briefing.pt 

Lisboa Vista de Fora

o-fado-e-a-razao-mais-melancolica-para-visitar-lisboaQuem o diz é o The Telegraph que publicou um artigo dedicado ao género musical português. De acordo com o jornal, o fado está na moda e, em Lisboa, há quatro maneiras de saber mais sobre esta arte: o palco Fado no NOS Alive, o Museu do Fado, o Clube de Fado e o Open Mic Fado.
traveler-espanha-destaca-piscina-do-nh-collection-liberdadeUm prazer focar o olhar e deter-se nos telhados e nas ruelas. É assim que é descrita a vista da piscina do NH Collection Liberdade, em destaque na edição online da Traveler Espanha.
lisboa-entre-os-destinos-preferidos-para-acolher-congressos-internacionaisLisboa subiu três lugares no ranking mundial das cidades e alcançou o top 10 das mais solicitadas para acolher congressos associativos internacionais em 2015, indicam dados agora divulgados pela ICCA – International Congress & Convention Association.