RssFacebook StoreTwitter Store

Bife Delmonico a bordo? Chef Canora assina refeições gourmet da United

Bife Delmonico a bordo? Chef Canora assina refeições gourmet da United"Bisque de Lagosta", "Nori Envolvido em Atum Corado", "Delmonico" Marinado Bife Grelhado". Só os nomes são convidativos e bastante para deixar água na boca. São alguns dos pratos saídos da arte culinária do chef James Canora que proporcionou uma experiência gastronómica exclusiva para algumas dezenas de convidados, no hotel Sheraton em Lisboa. Veio a convite da United, na qualidade de membro do Congress of Chefs da companhia.


Esta verdadeira refeição gourmet pode ser desfrutada por todos quantos viajem em Executive First num dos 5.446 voos diários para mais de 370 aeroportos em seis continentes que a United opera. O que inclui os passageiros da rota Nova Iorque-Lisboa. O mesmo não se pode dizer da sobremesa que foi servida em Lisboa, "Baked Alaska". Não porque a companhia queira negar aos seus clientes tal prazer degustativo, mas porque, como explicou o próprio chef Canora, para dar cor à pequena montanha branca usa-se um maçarico, algo impensável a nove mil metros de altitude.

Chef e Proprietário do NYC Culinary Events, uma consultora de Restaurant & Menu especialista em catering para eventos de classe superior, e Consultor Chef Executivo do mundialmente famoso Delmonico's em Nova Iorque, há 15 anos que James Canora, ou "chef Jimmy", como é mais conhecido, integra o conselho de "sábios gastronómicos" que aconselha a United sobre as ementas a bordo.

Trata-se de um grupo de especialistas em culinária que avaliam continuamente as tendências alimentares, num esforço para proporcionar as melhores experiências de refeições de bordo aos clientes da companhia aérea norte-americana.

Nada é deixado ao acaso: as ofertas gourmet por eles desenvolvidas são depois complementadas com vinhos selecionados pelo master sommelier da United, Doug Frost, um dos três Master Sommeliers do mundo e Masters of Wine.

Neste almoço, em Lisboa, a escolha vinícola recaiu sobre a Quinta Mendes Pereira. Brancos e tintos produzidos na aldeia de Carregal do Sal, na região do Dão, sob a batuta de Raquel Mendes Pereira, uma brasileira que há dez anos deixou São Paulo para recuperar e preservar as raízes familiares em Oliveira do Conde.

Mas porquê tamanho investimento de uma companhia área nas refeições que serve a bordo? Marcel Fuchs, managing director Europe, justificou-o com a importância que a United confere ao cliente e que se traduz na modernização da frota, na renovação dos lounges, na adoção de processos facilitadores do embarque e na disponibilização de wi-fi via satélite nas rotas internacionais de longo curso.

Nas classes Executive Firts e Firts os passageiros podem desgustar as mesmas iguarias que fazem com que "famosos" como Robert de Niro e Sean Penn marquem mesa nos restaurantes do chef Jimmy. E que valem o cognome de "chef das estrelas".

Fonte: Welcome

Lisboa Vista de Fora

lisboa-entre-as-50-melhores-cidades-do-mundoLisboa subiu nove lugares, para a 26.ª posição, na lista das 50 Melhores Cidades do Mundo, agora divulgada pelo The Telegraph e incluída no Travel Awards do jornal.
lisboa-e-um-dos-melhores-destinos-do-mundo-e-da-europaA cidade de Lisboa foi eleita o 12.º melhor destino do mundo e o 7.º melhor da Europa. As distinções foram atribuídas pelos Traveller’s Choice 2016, do tripadvisor, que premiou também os 10 melhores locais de Portugal.
lisboa-a-cidade-mais-cool-da-europa-a-conde-nast-traveler-diz-que-simPor que Lisboa é na atualidade a cidade mais fixe da Europa dá o título ao artigo que a Condé Nast Traveller dedica à capital portuguesa, ao longo do qual enumera e elogia a sua oferta turística diversificada.
cinco-boutique-hoteis-de-lisboa-que-desafiam-para-uma-escapadinhaSão pequenos hotéis boutique, em Lisboa, que têm como denominador comum o facto de terem sido criados com paixão e entusiasmo por verdadeiros apaixonados pela cidade, escreve a edição espanhola da Condé Nast Traveller a propósito dos cinco que recomenda.