RssFacebook StoreTwitter Store

As tendências do turismo de culinária, segundo Luis Rasquilha

As tendências do turismo de culinária, segundo Luis Rasquilha"Would you travel for food?" foi a questão respondida por Luis Rasquilha (AYR Consulting), durante o World Food Tourism Summit, e o mote para a apresentação do estudo "Tendências no Culinary Tourism". O objetivo é mostrar que turismo de culinária não é só gastronomia: é único, memorável e uma parte do turismo cultural.


Além da distinção entre turismo de culinária e turismo de gastronomia, Luis Rasquilha explica que a "boa comida" é o terceiro fator que leva alguém a viajar, seguindo-se à segurança e à relação qualidade-preço. O autor afirma ainda, que o turismo de culinária tem potencial no nosso país, mas que ninguém faz nada.

O único exemplo apresentado pelo orador foi o Cooking and Nature Hotel, "que te dá a possibilidade de cozinhar o próprio jantar, o espaço é interessante, mas no final não passa de acompanhares a finalização do teu jantar".

Luis Rasquilha enumerou as megatendências e tendências comportamentais do turismo de culinária. Em destaque está o crescimento do turismo sénior, o acesso rápido à conectividade, a valorização da sustentabilidade, o abandono de estereótipos e a importância da genética alimentar, as megatendências que irão moldar o turismo de culinária.

O estudo revela também aquilo que os consumidores devem esperar e efetivamente obter com uma experiência turística do género.

A valorização da experiência (por exemplo, a fusão de sentidos e demonstrações); dar aos consumidores o poder (escolha de espaços, ingredientes); "viver a cidade" que se está a visitar, a nível gastronómico; apostar em redes sociais e apps para o turismo de culinária; culinária enquanto elemento de descompressão e escape; promoção de estilos de vida saudáveis; e o cuidado com a imagem e funcionalidade são as principais premissas no negócio do Culinary Tourism.

O World Food Tourism Summit decorre até 11 de abril no Centro de Congressos do Estoril e conta com organização da APTECE.

welcome@briefing.pt 

Relacionados

Lisboa Vista de Fora

o-fado-e-a-razao-mais-melancolica-para-visitar-lisboaQuem o diz é o The Telegraph que publicou um artigo dedicado ao género musical português. De acordo com o jornal, o fado está na moda e, em Lisboa, há quatro maneiras de saber mais sobre esta arte: o palco Fado no NOS Alive, o Museu do Fado, o Clube de Fado e o Open Mic Fado.
traveler-espanha-destaca-piscina-do-nh-collection-liberdadeUm prazer focar o olhar e deter-se nos telhados e nas ruelas. É assim que é descrita a vista da piscina do NH Collection Liberdade, em destaque na edição online da Traveler Espanha.
lisboa-entre-os-destinos-preferidos-para-acolher-congressos-internacionaisLisboa subiu três lugares no ranking mundial das cidades e alcançou o top 10 das mais solicitadas para acolher congressos associativos internacionais em 2015, indicam dados agora divulgados pela ICCA – International Congress & Convention Association.